terça-feira, janeiro 25, 2011

For always? Maybe.

Sabem, eu tinha uma melhor amiga. Eu tive uma verdadeira melhor amiga, se calhar, a única. Por norma, trata-se de uma amizade, ou até mais do que isso, neste caso. Tenho muitas saudades dessa pessoa que me ajudou, independetemente de tudo, a crescer, esteve lá sempre. Eu tinha uma irmã, até nos momentos mais frágeis da minha vida. Era ela, ela com quem eu contava e sabia que não se opunha a nada. Era ela que me ajudava a comer leite condensado. Neste momento, eu tenho uma melhor amiga, uma outra, que também é um belo suporte, mas a verdadeira.. essa, o tempo levou-ma. E quem me dera que ele voltasse atrás. E agora? Será que devo lutar mesmo que seja em vão, será que devo voltar a lutar mesmo que seja em vão? Já lá vão dois anos da nossa separação, e na verdade, a saudade permanece de ambas as partes, as pessoas mudam e crescem, igoram os erros cometidos e passam-lhes por cima, e no fundo, isso é o mais importante. Mas será que passar por cima de uma amizade como esta também é o mais importante? Tenho saudades tuas, muitas.


3 comentários:

  1. Se achas que deves lutar força.
    Acredita, há amizades para vida.
    Só tens de saber encontrá-las ;)

    ResponderEliminar