quinta-feira, julho 07, 2011

maybe.

Talvez hoje, tenha sido o principio de alguma coisa. Talvez. Talvez nos tenha levado ao fundo do poço e talvez nos tenha deixado por lá. Ok, talvez seja o fim. Não sentes? Eu sinto. Estou perdida, talvez sem linhas na margem, talvez sem uma ponte para ultrapassar o rio mesmo que, sozinha. Fui um dia atribulado, com uma cara esquisita e até com medo da minha própria casa. Bom, foi de certeza ter-te comigo, mas mau.. Bem, mau eu não sei. Quando gostamos, respeitamos, ouvimos e concordamos. Por vezes cedemos. É assim que funciona. Talvez, hoje mais do que nunca, eu não precise de alguém senão eu própria. Eu, pelo menos, sei que me tenho como garantida, sofro e tolero as coisas na minha perspectiva. Mas assim é. Amar-te sempre fui aquilo que eu mais quis, e amo, amo amar-te e viver-te, talvez não te viva tanto, mas essa droga de amor está me a domar e eu estou prestes a cair no fogo. Não será a primeira vez, porque agora digo, talvez. Tenho medo de partir, assumo.

5 comentários:

  1. tu é q sabes, mas s te da problems é mmm o melhor linda (:

    ResponderEliminar
  2. nao? porque?
    lindooooo *o*

    ResponderEliminar
  3. é uma sensação boa ;)

    ResponderEliminar
  4. Anónimo8/7/11 20:12

    está lindo o texto, princesa!

    ResponderEliminar