domingo, dezembro 18, 2011

OK! calma..


Não quero ser mais quem fui, perdi-me e esqueci de me recompor. Perdi, eu sei. Mas sempre fui assim, caí e voltei a cair, voltava repetir o erro e mesmo assim, levantava-me depois de bater no fundo. Existe algo que é forte e me chama para o de cima, ainda não sei o que é, é bom, digo. É qualquer coisa que me chama, move, faz-me seguir a minha rota que, é certo, não fica por aqui. Não pode. Não deixo. Não quero. Calma... Agora voltei a cair. Calma... Agora mais um medo. Mas agora acalmo-me, levanto-me do chão, frio, seco e sujo. Cá estou eu, estou como nova? Sim, talvez. Não, quem sabe. Acho que sim. Voltei a ser eu, agora continuo o meu caminho, estou bem assim. O medo é mais forte, mas a força que tenho contorna-o. Ele deixa de existir e volto a ser eu, outra vez. E será sempre assim. Sem ti. Estou bem, melhor do que pensava. Obrigada e finalmente.

p.s (um filmezinho todo fofinho para ver, que me sugerem?)

5 comentários:

  1. gostei muito . a vida é feita de aprendizagens e são essas quedas, essas vezes em que, como tu dizes, batemos fundo, são todas essas vezes que nos fazem crescer e nos fazem mulheres

    ResponderEliminar
  2. eu acredito que o ser humano é capaz de tudo

    ResponderEliminar