segunda-feira, maio 07, 2012


Porquê? Porquê tu? Sim. Tu! És diferente, tão diferente. E já se passou tanto tempo, meu amor. Tanto tempo desde o dia em que te conheci. As pessoas gostam umas das outras, têm sentimentos, revelam-se.. mas a verdade é que o meu nunca mudou, aliás, mudou. Cresce a cada dia que passa, mesmo que por vezes, eu não queira. Mas quero, quero estar contigo, sentir que penso em ti, em nós, no teu beijo. Obrigada pelo mau e pelo bom, tu estiveste lá, estás lá e lá estarás. Era suposto ser assim? Não sei. Aconteceu. Acontece. A todos os momentos. Eu posso parecer forte, mas derreto-me contigo, todos os dias. O valor que te dou é mais do que possa imaginar, a verdade é essa e já não a consegues mudar, nem tu nem ninguém. E agora escrevo-te, escrevo para dizer que te amo, que ainda te amo, e que te vou amar dia após dia depois deste. Longe ou perto tu estás lá, eu sei, princeso. Amo-te, amo-te, amo-te, meu anjinho. Só mais uma coisa.. será que te lembras de mim tanto quanto eu me lembrro de ti? Boa noite, meu amor.

5 comentários:

  1. fá-lo lembrar de ti.

    ResponderEliminar
  2. muito obrigada, minha linda ((:

    ResponderEliminar
  3. o amor é tão lindo :') felicidades!

    ResponderEliminar
  4. Oh fofinha... como eu te compreendo... <3 Felizmente está tudo a endireitar-se aqui para os meus lados... beijinhos :D

    ResponderEliminar