domingo, novembro 11, 2012


Já é tarde, tudo está em silêncio absoluto. Está escuro. Vago. As velas no quarto estão acesas, são duas, frágeis e pequenas, iluminam parte da secretário o que é suficiente para dar um ambiente calmo e tranquilo. Chove lá fora, a chuva cai e bate com brutidão no chão, nos parapeitos, nas janelas. Cai. E eu aqui, deitada, a ouvi-la, descansada. A aproveitar tudo aquilo que tenho direito do meu tempo pessoal.

16 comentários:

  1. eu gosto de ficar acordada à noite, por vezes, porque é um tempo para mim.

    ResponderEliminar
  2. eu tento, eles voltam sempre.

    ResponderEliminar
  3. eu aproveito para fazer os trabalhos em atraso, ou escrever ou ler. apesar de eu adorar dormir.
    eu sei que conseguirei ultrapassá-los.

    ResponderEliminar
  4. Really? :o Ai temos de nos encontrar :)

    ResponderEliminar
  5. aproveita a vida. a chuva soa melhor ao ouvir-se da cama.

    ResponderEliminar
  6. Birdy - people help to people não tenho a certeza mas acho que é essa. Obrigado <3

    ResponderEliminar
  7. Obrigada querida, de coração<3

    ResponderEliminar
  8. espero que sim, espero que tenhas consigo aproveitar todo esse tempo (:

    ResponderEliminar
  9. uma longa história princesa. olha, comecei a andar no final de Agosto com um rapaz (que agora é o meu namorado) e ele no início pediu para eu manter segredo, porque ele tinha acabado há pouco tempo uma relação e as pessoas gostam muito de falar. e eu respeitei a decisão dele. há uns tempos foram-lhe dizer que eu e as minhas amigas falamos muito e um amigo dele esta semana disse-lhe que já sabia tudo de nós desde o início de setembro, ou seja, ele pensa que fui eu que andei a contar as coisas e que não respeitei a decisão dele :s

    ResponderEliminar
  10. é isso que digo a mim diariamente..

    ResponderEliminar
  11. Obrigada, minha querida. Virei aqui mais vezes, certamente.

    ResponderEliminar
  12. que se passou com o teu ex-namorado querida? :s

    ResponderEliminar
  13. aproveita, desfruta. somos a melhor companhia de nós mesmos.

    ResponderEliminar