terça-feira, outubro 16, 2012

ohh, sweet love


Gosto de saber onde andas, como andas, e com quem. Gosto de sentir que estás por perto. Liberto-me dos medos que estão bem escondidos no fundo do poço, e sou eu. Eu, eu e tu. Somos nós. Tentamos dar um passo de cada vez, mas quando acordamos já demos mais do que três de uma só vez. Não é bom? É óptimo, é confortante. Deixa lá, se cairmos.. Caímos os dois, e facilmente nos iremos erguer como das outras vezes, só pelo simples facto de saber que existes, respiras o mesmo amor que eu, e vives o mesmo que eu, vale tudo a pena. Contigo é tudo tão abstracto  não há margem de manobra para erros, é verdade. És... És diferente.

7 comentários:

  1. obrigada querida, vou precisar!

    ResponderEliminar
  2. Concordo! Hoje vi-te, mas não me deves ter visto e eu ia com pressa, se não falava-te :p

    ResponderEliminar
  3. Não. Está tudo bem amor <3

    ResponderEliminar
  4. Ainda ontem nos cruzámos à porta do bar e pensei nisso.. Vou começar a sorrir para ti :p

    ResponderEliminar